• PAULO BICALHO

A importância do seguro na vida do empresário

Um incêndio é um bom exemplo de como se perde um património de uma vida em poucos minutos. Por isso ter um seguro bem feito é muito importante.


Todo empreendimento requer um investimento. Mas para que esse sonho não acabe se transformando em pesadelo, esses investimentos podem ser protegidos. Imagine se você passa por todo o processo, superando a burocracia, conquistando clientes e competindo com diversos concorrentes para, no fim das contas, ver seu trabalho se perder devido a um evento inesperado como um incêndio causado por um curto-circuito ou pela queda de um raio por exemplo.


Muitos empresários enxergam nos seguros empresariais, um seguro que protege sua empresa contra roubos, furtos e pequenos danos, além de considerarem um custo adicional financeiro. E em sua maioria, não enxergam os riscos iminentes aos seus negócios, que são os que apresentam maiores riscos às suas operações, podendo levar ao encerramento da empresa e de suas atividades.


O impacto que uma empresa pode sofrer, como a perda de todo seu estoque, de sua estrutura física e também da paralisação total de suas atividades em decorrência de alagamentos, incêndios ou desmoronamentos, por exemplo, deve ser levado sempre em consideração, pois será crucial no momento de pensar em uma medida que garanta a segurança do empreendimento em questão.


Para se precaver desses e de outros fatores naturais, e até mesmo da perda de receita, é muito importante fazer um seguro bem feito para proteger e garantir o futuro do seu negócio.


O seguro empresarial é uma categoria do mundo dos seguros que visa proteger a empresa de diversos riscos sob os mais diversos aspectos. Isso engloba desde o patrimônio físico da companhia até os seus funcionários.


Aqui vão algumas dicas básicas que devemos considerar ao contratar um seguro empresarial:


1) Faça um seguro com um corretor de seguros habilitado e especialista pois ele pode orientar você na escolha das melhores coberturas e em todas as fases da contratação. Definir um seguro através de um banco, direto com uma seguradora ou por meio da internet exige que você tenha muitos conhecimentos sobre a área, caso contrário, pode contratar uma apólice inadequada e ser surpreendido na hora de acioná-la;


2) Faça o seguro com uma seguradora reconhecida e homologada pela SUSEP - Superintendência de Seguros Privados;


3) Defina bem as coberturas a serem contratadas pois elas fazem toda a diferença no momento de um sinistro. Nesse caso devem ser considerados o valor de reconstrução do imóvel com tudo o que ele tem dentro como móveis, utensílios, equipamentos, máquinas estoque, etc. As principais coberturas são: Básica (incêndio, queda de raio, explosão, implosão), vendaval, alagamento, desmoronamento, danos elétricos, quebra de máquinas e equipamentos, bens de terceiros em poder do segurado, roubo de bens, tumultos, greve e lock-out, roubo de valores, lucros cessantes, despesas fixas, dentre outras;


4) Defina bem o valor das coberturas a serem contratadas. Na tentativa de reduzir custos com seguros, muita gente costuma contratar coberturas com valores mais baixos que o ideal. Quando existe a cláusula de rateio, o segurado assume uma proporção da indenização do seguro quando o valor em risco declarado for inferior ao valor em risco apurado no momento do sinistro. Portanto, com Risco Relativo, em que o bem segurado pode não ter dano total, aplica-se o rateio (diferentemente de quando a contratação é com Risco Absoluto, em que a seguradora assume o total do prejuízo, limitado apenas ao limite da garantia e deduzindo as possíveis franquias);


5) Contrate um seguro sem depreciação (É uma redução do valor do objeto do seguro em função de uso, idade e estado de conservação). Algumas seguradoras fazem hoje seguros sem depreciação, ou seja, em caso de sinistro você vai receber o valor integral do bem sinistrado e portanto, conseguirá repor o bem;


6) Compare o valor das franquias de todas as coberturas entre as seguradoras orçadas. A Franquia ou POS (Participação Obrigatória do Segurado) é o valor que o segurado deve pagar em determinados tipos de sinistro para que a seguradora realize os reparos devidos.


O seguro empresarial oferece uma série de coberturas amplas conforme o segmento do seu negócio. Seu objetivo é proporcionar segurança e proteção para todos os tipos de empresas, conforme as necessidades de cada uma.


Ter um seguro empresarial feito corretamente é garantir um futuro próspero e tranquilo para sua empresa. E a dica que deixamos é para que você não espere acontecer o pior para contratar um seguro. É importante estra bem assessorado por um especialista como a Domo Seguros.